As Mãos de Koreel!

Cambaleando Koreel tenta dar passos lentos após acordar deitado sobre uma mesa, num bar qualquer, da tensa Copacabana. Cada passo, era como se tivesse uma só perna , para um corpo pesado. E cada pessoa, eram quatro, no seu campo de visão. Mas afinal , o que aconteceu com o Turista? Ela se recordava somente da bela mulata que com seus trejeitos e passos sedutores o encantou. Nada mais passava pela sua cabeça. Vultos e mais vultos. Era isso que ele via , até espatifar a cara no chão.
Seus olhos se abrem, e uma mulher de branco tentando falar um brejeiro Inglês pergunta o seu nome. Koreel – disse ele. E ela insiste em tentar conseguir mais informações. E pergunta o que aconteceu. Mas o pobre Koreel só se lembrava da bela mulata.
Ele, num misto de ansiedade e curiosidade, queria saber onde estava. E ela , a mulher de branco, diz: O seeenhorrrr…Estaaaa num hooospitalll!!!! – Que merda de língua é essa ? Pensou ele. E ela, percebendo que ele não entendeu, tentou gastar o seu pouco conhecimento na língua inglesa – e ele entende que está em um hospital.
Como num passe de mágica, sua memória começa a reaparecer. E parecendo uma visão sombria, Koreel começa e rever os passos da mulata até ele. Ela o convida para um bar. E melhor que a enfermeira ( a mulher de branco ), o inglês da linda mulata era impecável. Foi aí que entre um gole e outro ,e muitas risadas, ele recorda do pó branco sendo colocado no seu copo .
Ao por as mãos no pescoço ele percebeu que o colar de ouro, última lembrança da sua já falecida mãe , havia desaparecido. Desesperado ele se levanta, sai correndo, abrindo todas as portas dos vastos corredores daquele hospital, e ao chegar na rua – entra num táxi e fala : Arpoador. Logo, o taxista o leva para o Arpoador em Ipanema. E ele desce correndo do táxi ( deixando o pobre Senhor sem receber seus míseros tostões). Sobe a pedra do Arpoador, e lá bem em frente ao mar, vê a mulata atracada com outro homem aos beijos. Ele sem titubear se joga entre eles, agarra a mulata, e o que se vê, são dois corpos que – literalmente – quicam nas pedras e caem no mar , e logo desaparecem como se tragados.

Dias depois o corpo de um homem foi encontrado na beira da praia – como que trazido por Iemanjá – e entregue a terra (Com as mãos fortemente fechadas).

Quando o salva vidas encosta no corpo… uma das mãos se abre.. e um colar brilhante e sob a rajada do sol , se torna mais luminoso , cai na areia molhada e afunda , como se quisesse ali ficar… E o seu brilho desaparece!

Robson Nunes Autor

Foi professor acadêmico por mais de 4 (Quatro) anos - teve cerca de 500 alunos. Suas palestras foram assistidas por mais de 30.000 ( trinta mil ) pessoas ( Ainda dedica-se à palestrar e ao ofício de professor ). É autor do "Livro Capacitação Fiscal e Tributária". Também autor de poemas, crônicas variadas e artigos. Escreve sobre contabilidade, finanças, política, economia, gestão de pessoas, e gestão em geral . Suas crônicas foram e são publicadas em jornais de circulação nacional, revistas e outros blogs. Sua formação começa como Técnico em Contabilidade, Bacharel em Letras, Bacharel em Contabilidade, duas pós graduações, mestrado, doutorado e vários cursos em áreas diversas. Hoje dedica-se as suas empresas de gestão empresarial, consultoria, contabilidade e tecnologia, Ao seu Blogue: www.blogdorobson.com.br e ao Canal Sementes Robson - Oficial - no YOUTUBE - Em que fala sobre assuntos diversos (gestão de pessoas, finanças, motivação), e compartilha vídeos de outros profissionais que considera relevante. O objetivo do BLOGUE DO ROBSON é com uma abordagem moderna, simples e isenta de moralismo tratar sobre assuntos diversos, mas, tendo como base - não a razão, e sim, o compartilhar de conhecimentos pessoais, parciais e imparciais em sua grande maioria. Alguns focos são: Gestão de pessoas, finanças, profissões, poemas, contos diversos, motivação, política e assuntos gerais ( Nada com extrema profundidade - e nem raso demais - que não possa plantar uma semente no seu pensamento sobre todo e qualquer assunto!). Afinal, saber o que realmente importa, sobre variados temas, ou mesmo se entreter é o que torna uma pessoa capaz de gerenciar sua própria vida! E transforma o conhecimento em algo agradável e interessante. Seja bem vindo (a) ao BLOGUE DO ROBSON. Se gostou divulgue! E compartilhe! ( Agradecemos aos leitores assíduos que compartilham os textos!). Esclarecemos que não disponibilizamos os comentários dos leitores - diante da quantidade - para que estes não tirem o foco dos textos.