Livro : Amor e Eternidade – Capítulo 02: O encontro.

Capítulo 02 : O encontro.

Em sua primeira reunião com os acionistas, Renato Albuquerque fora enfático – ao esbravejar na mesa enorme da sala de reuniões – da empresa que acabara de assumir a presidência. Disse ele:

– Quero aquela gentinha fora das minhas terras. Vamos iniciar as obras de construção da nova sede imediatamente.

Os olhares assustados dos acionistas em nada lembrava as calmas e tranquilas reuniões presididas por seu falecido pai.

Renato filho era impávido. Impositivo e se sentia o centro do universo. Sentimentos não eram seus maiores adjetivos.

Completara quarenta dias de morte de Renato Villar – e como a rotina e a vida na casa dos Albuquerque tinha que continuar – Lá estava Laurinha cuidando da casa , do sogro Betinho (que amava feito um pai) e direcionando a rotina das dezenas de funcionários da sua mansão. O telefone toca . Era Lídia secretaria do falecido ( A quem até atribuíam um caloroso caso com Renato pai) . Dizia ela:

– Dona Laura venha na empresa! O seu filho está causando um verdadeiro alvoroço entre os acionistas. Quer retirar aos tiros os sem terra que ocuparam o terreno da nova sede da empresa.
Logo , Laura Figueiroa pega sua bolsa Chanel e sai às pressas antes que algo pior ocorra. Ela conhecia como ninguém o filho.

Na empresa , Renato Filho se mostrava um ditador diante de tamanho tumulto causado por suas frias e cruéis falas. Ela impunha sua autoridade de acionista majoritário. De repente a porta se abre, e aos gritos uma mulher desconhecida invade a reunião. Era Lígia Uma jovem líder dos sem terra e invasora do terreno. Diz ela, em alto e bom som:

– Só saio daqui se falar com o dono. Já sei dos rumores que querem nos tirar da nossa terra . Mas quero saber se algum de vocês já ficou sem teto e comida? O silêncio tomou conta. Lígia era jovem ,bela e corajosa.

Renato se vira e olha profundamente nos olhos de Lígia. Renato era frio, calculista, arrogante e belo . Mas sua fama de mulherengo era tão famosa quanto seus adjetivos negativos. Suas palavras:

– chamem os seguranças agora e tirem essa morta de fome daqui! E depois eles passem no RH! Como deixaram essa mulher entrar? Bando de frouxos!

Ela se aproxima dele . E mirando com firmeza os seus olhos, pega-lhe o braço e cospe na sua cara.

Continua….

Robson Nunes Autor

Foi professor acadêmico por mais de 4 (Quatro) anos - teve cerca de 500 alunos. Suas palestras foram assistidas por mais de 30.000 ( trinta mil ) pessoas ( Ainda dedica-se à palestrar e ao ofício de professor ). É autor do "Livro Capacitação Fiscal e Tributária". Também autor de poemas, crônicas variadas e artigos. Escreve sobre contabilidade, finanças, política, economia, gestão de pessoas, e gestão em geral . Suas crônicas foram e são publicadas em jornais de circulação nacional, revistas e outros blogs. Sua formação começa como Técnico em Contabilidade, Bacharel em Letras, Bacharel em Contabilidade, duas pós graduações, mestrado, doutorado e vários cursos em áreas diversas. Hoje dedica-se as suas empresas de gestão empresarial, consultoria, contabilidade e tecnologia, Ao seu Blogue: www.blogdorobson.com.br e ao Canal Sementes Robson - Oficial - no YOUTUBE - Em que fala sobre assuntos diversos (gestão de pessoas, finanças, motivação), e compartilha vídeos de outros profissionais que considera relevante. O objetivo do BLOGUE DO ROBSON é com uma abordagem moderna, simples e isenta de moralismo tratar sobre assuntos diversos, mas, tendo como base - não a razão, e sim, o compartilhar de conhecimentos pessoais, parciais e imparciais em sua grande maioria. Alguns focos são: Gestão de pessoas, finanças, profissões, poemas, contos diversos, motivação, política e assuntos gerais ( Nada com extrema profundidade - e nem raso demais - que não possa plantar uma semente no seu pensamento sobre todo e qualquer assunto!). Afinal, saber o que realmente importa, sobre variados temas, ou mesmo se entreter é o que torna uma pessoa capaz de gerenciar sua própria vida! E transforma o conhecimento em algo agradável e interessante. Seja bem vindo (a) ao BLOGUE DO ROBSON. Se gostou divulgue! E compartilhe! ( Agradecemos aos leitores assíduos que compartilham os textos!). Esclarecemos que não disponibilizamos os comentários dos leitores - diante da quantidade - para que estes não tirem o foco dos textos.